Leonardo Ramos

O primeiro imóvel é o sonho de muitas pessoas, mas é essencial fazer um bom planejamento para atingir esse objetivo. Por isso separamos 6 dicas essenciais para ajudar você a acertar na compra e não se deparar com dificuldades após fechar negócio.

 

  1. Defina o tipo de imóvel

Quando você começa a busca por um imóvel você precisar escolher entre casa ou apartamento, novo ou usado, em condomínios ou individuais.. Tudo isso vai refletir no valor do investimento e na forma de pagamento, então essa decisão deve ser feita para garantir um planejamento financeiro sem erros.

Se você procurar ajuda de profissionais, deve informar as características do imóvel que você deseja e qual valor cabe no seu orçamento, assim os profissionais conseguirão apontar as opções disponíveis mais adequadas ao seu perfil, facilitando a sua busca pelo imóvel ideal.

  1. Pesquise e tire dúvidas sobre como funciona a compra de um imóvel

No momento da compra de um imóvel é preciso ter paciência, afinal a compra exige um grande investimento financeiro.

O processo apresenta diversas burocracias e termos que não fazem parte da rotina da maioria das pessoas. Sendo assim, para evitar surpresas desagradáveis, é interessante procurar saber como funciona a transação.

Converse com amigos e familiares que já efetuaram a compra e busque informações com um corretor, com certeza as dicas e experiências vão ajudar você a fechar um negócio melhor.

  1. Conheça as diversas formas de pagamento

Felizmente, existem diversas modalidades de pagamento que podem ser aproveitadas por quem deseja ter a casa própria. Conhecer as principais opções é essencial para escolher a alternativa que melhor se encaixa ao seu orçamento e objetivos.

  1. Prepare-se financeiramente para compra do primeiro imóvel

Em toda transação imobiliária, independente da modalidade de pagamento escolhida, você terá que pagar taxas, importante se programar, guardando dinheiro para eventuais despesas. Entre elas, reajuste de CUB, compra de móveis, eletrodomésticos e os gastos com a mudança, por exemplo.

Pode parecer obvio, mas grande parte das pessoas não sabem dizer quanto ganham e quanto gastam por mês e isso é fundamental para realizar um planejamento financeiro e evitar dores de cabeça. Ao ter o controle do orçamento, fica mais viável cortar ou diminuir gastos necessários e, consequentemente, passar a ter uma reserva de emergência.

  1. Avalie se é possível usar o FGTS para compra do primeiro imóvel

Para facilitar a compra do primeiro imóvel, verifique se é possível utilizar o saldo do seu FGTS. Ele pode ser usado para pagar a entrada, pagar parte do valor das prestações ou amortizar o saldo devedor, inclusive para quitar o valor remanescente.

Porém, é preciso seguir algumas regras específicas e você pode consultar um corretor sobre essas possibilidades.

  1. Escolha uma imobiliária com credibilidade.

Ao procurar pela imobiliária ideal para ajudar você a comprar imóveis, você deve buscar por empresas consolidadas no mercado e com profissionais que ofereçam o suporte completo durante todo o processo. Além disso, é importante verificar que se a imobiliária está registrada no CRECI (Conselho Regional de Corretores de Imóveis).

Depois de avaliar esses itens, não se esqueça de fazer visitas ao imóvel ou conferir o projeto (se for na planta) para garantir que ele tem todas as características que você deseja.

Além disso, avalie toda a documentação, leia atentamente o contrato e conta com nossos especialistas, aqui na Imobiliária Biguaçu você tem toda a segurança necessária para comprar o seu primeiro imóvel.

 

Leonardo Ramos

é corretor de imóveis e especialista em marketing digital. Atua como Head de Marketing & Customer Success na Imobiliária Biguaçu